Quem sou eu

Minha foto

Casado com Patrícia Abreu, pai de Laís, Raquel e Leyla Letícia.

terça-feira, 31 de maio de 2011

INTERCESSÃO

Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens.
PRIMEIRA EPÍSTOLA DE PAULO À TIMÓTEO 2:1

 Certamente as palavras de Paulo sobre oração intercessória nos fornecem uma base segura para nos sentirmos motivados à intercessão. Paulo transmite uma visão abrangente e superficial para que façamos nossas orações.
Não podemos nos esquecer de orar pelas pessoas necessitadas. Contextualizando o assunto, devemos nos recordar de orar pelos que sofrem com vícios (alcoolismo, dependência química, remédios etc.); precisamos orar pelos meninos de rua e pelos desabrigados; pelos desempregados; pelas pessoas que estão se prostituindo; pelos idosos nos asilos; pelas crianças nas creches; pelas pessoas que trabalham em missões; pelos irmãos que evangelizam nos hospitais e nos presídios; pelas pessoas que levam alimentos aos que não têm o que comer (para que tenham recursos e possam continuar nesse trabalho ou para que os necessitados consigam trabalho para sobreviverem por conta própria); pelas pessoas que estão envolvidas com religiões que não levam ao Pai; pelos lares que estão sendo destruídos pela ação malígna; pela melhoria nas condições sociais, políticas e financeiras em nosso país; pelas nações idólatras e países que estão em guerra.
A lista poderia estender-se, mas creio que não há limites na oração intercessória. É preciso começar a interceder e, à medida que começarmos, o Espírito Santo irá, certamente, nos guiar pelos motivos os quais ele conhece e pelos quais sabe que há necessidade e urgência de oração.
Que o Criador oriente a você e coloque em seu coração um desejo ardente de interceder, de tornar-se um fervoroso intercessor.


Um comentário:

  1. Nos lembrarmos é muito bom, mas, a igreja agindo, com certeza teremos ótimos resultados.
    Paz.

    ResponderExcluir