Quem sou eu

Minha foto

Casado com Patrícia Abreu, pai de Laís, Raquel e Leyla Letícia.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

APARÊNCIA

Não atentes para a sua aparência...
Primeiro Livro de Samuel 16:7

Por que é errado julgar uma pessoa por sua condição econômica? A riqueza pode indicar inteligência, decisões sábias, e trabalho árduo. Por outro lado, pode apenas significar que uma pessoa teve a felicidade de nascer em uma família rica. Ou pode ser sinal de cobiça, desonestidade, ou egoísmo. Honrar alguém só porque ele, ou ela, se veste bem, é considerar a aparência como algo mais importante do que o caráter. Às vezes fazemos isto porque:
  1. A pobreza nos incomoda; não queremos enfrentar as nossas responsabilidades para com aqueles que têm menos do que nós.
  2. Queremos ser ricos também, e esperamos usar a pessoa rica como um meio para tal fim.
  3. Queremos que a pessoa rica venha juntar-se à nossa igreja e que ajude a sustentá-la financeiramente.


Todos estes motivos são egoístas, originando-se da visão de que somos superiores às pessoas pobres. Se dissermos que Cristo é o nosso Senhor, então devemos viver como Ele exige, não mostrando qualquer favoritismo e amando todas as pessoas não importando se são ricas ou pobres.

3 comentários:

  1. É VERDADE E INFELISMENTE É O QUE TEM ACONTECIDO NAS, NOSSAS IGREJAS ATUAL,PESSOAS VISAM MELHOR QUELES QUE TEM UMA CONDIÇÃO FINANÇEIRA MELHOR.
    ISSO É TOTALMENTE TRISTE, VAI CONTRA OS PRINCIPIOS QUE O PRÓPRIO CRISTO NÓS ENSINOU, AMAI O TEU PRÓXIMO COMO A TÍ MESMO, PORQUE FAZER ESSA DIFERENÇA SOCIAL SE NÃO GOSTARIAMOS QUE FOSSEMOS TRATADOS ASSIM.... É TRISTE.

    ResponderExcluir
  2. Para rir se fazem banquetes e o dinheiro por tudo responde (Pv.). Mas o Senhor só revela aos pequeninos, independente de suas situações financeiras.

    ResponderExcluir