Quem sou eu

Minha foto

Casado com Patrícia Abreu, pai de Laís, Raquel e Leyla Letícia.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

INDIGNAÇÃO OU INVEJA?

Eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios.
SALMOS 73:3 



Algumas pessoas têm sucesso em tudo o que fazem e gabam-se de que ninguém, nem mesmo Deus, pode abatê-las. Nós poderemos inquirir por que Deus permite que elas acumulem grande riqueza enquanto o menosprezam. Mas qual o motivo de preocuparmo-nos com a prosperidade dos ímpios? Sentimo-nos zangados pelo dano que estão causando ou temos inveja de seu sucesso? Para responder sinceramente a esta pergunta, devemos ter uma correta perspectiva sobre a impiedade e a riqueza. O ímpio será seguramente castigado, porque Deus odeia as ações perversas. A riqueza é apenas temporária. Não é necessariamente um sinal da aprovação de Deus na vida de uma pessoa; tampouco a falta dela não consiste em desaprovação da parte do Senhor. Então, não deixe que a riqueza se torne uma obsessão para você.

Um comentário:

  1. Os filhos de Deus não precisam invejar o ímpio, embora muitos "crentes", assim se comportem, porque temos muitas promessas do Senhor para nossa vida.
    Deus se agrada quando praticamos o que é justo.
    Porque...
    ..."A justiça do sincero endireitará o seu caminho, mas o perverso pela sua falsidade cairá." Provérbios 11:5
    Então o que precisamos fazer?
    Simples...
    ..."Descansa no SENHOR, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos." Salmos 37:7
    Graça e paz!

    ResponderExcluir