Quem sou eu

Minha foto

Casado com Patrícia Abreu, pai de Laís, Raquel e Leyla Letícia.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O SACERDOTE QUE FOI SACRIFÍCIO

João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo .
João 1:29


 
O Antigo Pacto se constituía de sacrifícios, holocaustos, oblações, oferendas, que eram figuras "dos bens futuros", ou seja, do evangelho de Cristo, que nos trouxe as riquezas da graça de Deus, a começar pela salvação de nossas almas, através do sacrifício vicário de Jesus. Por serem sombras e não a realidade, os sacrifícios de animais não puderam aperfeiçoar  "os que a eles se chegam".
Os sacrifícios não levaram os homens a Deus, mas serviam, por antecipação, de meio para expiação, no hebraico tem o significado de "cobrir" os pecados, num delito contra a Lei.
Somente no corpo humano (encarnação), Jesus poderia ser aceito por Deus como oferta perfeita no lugar do homem pecador. No Antigo Testamento, os sacrifícios eram substitutos imperfeitos. O corpo de Cristo foi a solução de Deus para substituir todos os sacrifícios imperfeitos do Antigo Testamento. Seu sangue, derramado na cruz, não apenas cobriu os pecados, mas tirou-os, e lançou-os nas profundezas do mar. Jesus tira o pecado do mundo.
Visto que Jesus foi oferecido como sacrifício perfeito por nós, Deus cobra-nos a perfeição.
Apesar de sermos falhos, devemos procurar a estatura de varão perfeito, a unidade do Espírito e a unidade da fé. As Escrituras Sagradas nos ensinam que a "unidade do Espírito" e a "unidade da fé" são mantidas e aperfeiçoadas por:
  • Aceitar somente a fé e a mensagem dos apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres do Novo Testamento;
  • Crescer na graça, em maturidade espiritual e em Cristo sob todos os aspectos, e ser cheio da plenitude de Cristo e de Deus;
  • Não permanecer como criança, aceitando "todo o vento de doutrina", mas, pelo contrário, conhecer a verdade, e assim saber rejeitar falsos mestres;
  • Sustentar e falar com amor a verdade revelada nas Escrituras;
  • Andar em "verdade, justiça e santidade"

Nenhum comentário:

Postar um comentário